6 de fev de 2011

A dor



E hoje aprendi a querer alguma coisa no que me acontece, mesmo que no início me pareça apenas dor. Nada é em todo escuro. Mas é preciso querer, é preciso lançar luz, abrir o peito. É preciso querer algo no que te acontece. E aquilo que no desespero era dor e dor, te torna, enfim, digno de receber.