4 de mar de 2013


aquilo que não fez
e não sabe que não fez
na memória
as imagens
não podem ser esquecidas
nem ao menos lembradas
um cheiro
um som
um quase
mas nunca
pois todo gesto
que ousa agora
não realiza
e não apaga
tudo o que poderia ter sido
e não foi
e tudo o que resta é fado
saudade do que não viveu

Nenhum comentário:

Postar um comentário